Caminhos do São Francisco é destaque na Destination Brazil

Jun 27

Caminhos do São Francisco é destaque na Destination Brazil


Roteiro integrado, que envolve Alagoas e Sergipe, se sobressai por unir cultura e ecoturismo

Texto de Morena Melo

Um roteiro com paisagens deslumbrantes que escapam aos clichês. Em pleno sertão, a profusão das águas do Velho Chico trabalhou durante muitos anos numa atividade erosiva que transformou os rochedos no quinto maior cânion navegável do mundo, com 240 km de extensão.

A paisagem, que favorece o ecoturismo, está localizada em uma região histórica, com municípios tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Da perspectiva do turismo, a integração fortalece o destino como produto, provoca curiosidade e atrai um público exigente. O assunto foi destaque na Destination Brazil Travel Mart, feira que reuniu 200 operadores internacionais, 120 fornecedores de todo Brasil e gestores públicos, nos dias 18 e 19, em Porto de Galinhas.

Na capacitação ministrada pela consultora Adriana Girão, especializada em estruturação de produtos e roteiros turísticos, o roteiro “Caminhos do São Francisco”, com passeios em Alagoas e em Sergipe, foi destacado junto à “Rota das Emoções”, que passeia pelos atrativos dos estados do Ceará, Piauí e Maranhão; e a estreante “Rota das Falésias”, que passa pelo litoral do Ceará e do Rio Grande do Norte.

 

 

 

Velho Chico

Dentre as cidades margeadas pelo Rio São Francisco, destacam-se Delmiro Gouveia, Piranhas, Piaçabuçu e Penedo. O emblemático Velho Chico faz sua despedida em Alagoas. Banhando 12 municípios e povoados ricos em artesanato e cultura, abrindo caminho entre cânions de pedra e trilhas ecológicas.

Conhecida como cidade polo do sertão, Delmiro Gouveia é localizada na região do Cânion do São Francisco, umas das principais áreas turísticas. No local é possível praticar esportes como stand up paddle, realizar passeios de caiaque, lancha e catamarã.

Outro atrativo da região é o povoado da Ilha do Ferro, localizado no município de Pão de Açúcar, que se destaca pelo diversificado artesanato confeccionado em madeira, coco, couro, bordados, palha e renda de bilro.

Já a cidade de Piranhas, que tem seu conjunto arquitetônico e paisagístico tombado pelo IPHAN, proporciona uma experiência inovadora em termos de paisagens. A Rota do Cangaço, que leva à Grota do Angico, local onde Lampião e seu bando foram executados, está entre os principais atrativos locais. No passeio de catamarã, saindo da cidade e seguindo pelo leito natural do São Francisco, é possível observar as formações rochosas, ilhas e praias pluviais. O passeio tem duração de quatro horas. Fortalecendo o turismo de aventura, os paredões que constroem a cidade permitem escaladas e tirolesas na região. Para mais informações sobre o destino, acesse turismoalagoas.com.

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

Quer conhecer a região de Xingó e se hospedar no melhor hotel?