Conhecendo o Cânion do Xingó, no rio São Francisco

Nov 25

Conhecendo o Cânion do Xingó, no rio São Francisco


O Cânion do Xingó é a principal atração turística do Estado de Sergipe. O simbólico rio que tem sua nascente no estado de MG e deságua no sul de Alagoas, também passando pelo estados da Bahia, Pernambuco e Sergipe.

O Cânion do Xingó é a principal atração turística do Estado de Sergipe. O simbólico rio que tem sua nascente no estado de MG e deságua no sul de Alagoas, também passando pelo estados da Bahia, Pernambuco e Sergipe. Seu grande destaque são os Cânions do Xingó que possuem belezas únicas, cercados por enormes paredões em tons alaranjados que se destacam em meio às águas verdes do rio São Francisco.

O GuiaViajarMelhor.com mostra como aproveitar esse pedacinho do sertão nordestino, cheio de histórias sobre a cultura nordestina e do cangaço, que nos anos 30, teve um grande marco no Brasil, ficando conhecida mundialmente pelos feitos de Lampião, Maria Bonita e seu bando.

O acesso para os cânions está na pequena cidade de Canindé, no sertão sergipano, a 220km de distância da capital Aracaju. A estrada que corta o estado passa por 7 cidades e inúmeras paisagens em meio a caatinga, que vão se transformando com os enormes pedregulhos e cactos típicos da região, como o xique-xique, palma e mandacaru, que brotam do chão em uma vegetação rasteira típicas do sertão. No caminho várias casinhas modestas com famílias sertanejas conversando na calçada, revelam um pouco da calmaria do sertão nordestino.

Quando chegar em Canindé procure pela estrada que leva ao restaurante Karrancas a beira do Rio São Francisco. Lá o visitante pagará pela entrada na atração e pode usufruir do espaço que conta com uma pequena praia de água doce particular, um ótimo restaurante com mais de 40 opções de pratos regionais e até mesmo um helicóptero que oferece passeios rápidos sobrevoando o velho Chico.

O Cânion do Xingó surgiu após o represamento das águas do Rio São Francisco para a construção da Usina Hidrelétrica do Xingó, na divisa entre Alagoas e Sergipe.  São 60km de extensão e a água do rio pode alcançar 190 metros de profundidade em alguns pontos.

Para chegar no 5º maior cânion navegável do mundo é preciso percorrer 18 km em charmosos catamarãs que suportam até 250 passageiros. O passeio dura em média 3 horas, sendo 1 hora para chegar até o cânion, 1 hora para banho e outra para voltar. Na viagem os funcionários da embarcação apresentam histórias regionais, como a do famoso cangaceiro Lampião e curiosidades sobre o Rio São Francisco e cidades do entorno. A embarcação também oferece banheiros, duchas e um restaurante compacto com opções de petiscos e bebidas. Durante o percurso o visitante segue admirando a imensidão do Rio São Francisco, cercado por montanhas iluminadas pelo forte azul do céu, quase sempre com poucas nuvens.

Veja a matéria completa aqui.

Fotos por: Gustavo Albano.

Fonte: Catraca Livre

Comentários

Quer conhecer a região de Xingó e se hospedar no melhor resort?